lingerie teen

Saiba como produzir lingerie teen e ter sucesso nas vendas

Tempo de leitura: 7 min

As transformações na sociedade podem ser observadas de diversos pontos. Na hora das compras, as preferências das gerações se manifestam e não é diferente com a moda íntima. Ao falar em lingerie teen hoje, é possível ver tendências e escolhas que não existiam antes.

Se a sua marca se preocupa com o público e deseja ter boas vendas, isso tem que ser considerado. Ao conhecer os gostos das adolescentes e por que elas preferem certos itens, é mais fácil planejar coleções incríveis.

Então, quer saber como produzir lingerie teen do modo ideal? Confira algumas dicas imperdíveis para colocar em prática!

As mudanças na forma de consumo

As novas gerações, como os millennials (geração Y) e os centennials (geração Z) têm transformado a maneira de adquirir produtos — inclusive, quando o assunto é a moda íntima. Há alguns anos, era frequente a ideia de que lingerie só podia ser usada na puberdade, especialmente no caso dos sutiãs. No entanto, essas peças têm se tornado itens de moda e que transmitem estilo. Por isso, não é incomum que façam parte da forma de expressão das jovens atuais.

Inclusive, há itens que apostam na personalização, como o uso de várias alças diferentes e modelos que oferecem diversas possibilidades em apenas um elemento. Existe um mercado em expansão e que precisa considerar as adolescentes e pré-adolescentes como clientes interessadas em novidades. Desse modo, é possível aproveitar o novo modelo de consumo e garantir que as peças da sua marca decolem nas vendas.

A preferência do novo público de lingerie teen

Mais que nunca, as adolescentes estão em busca de tendências e de identificação com celebridades, personagens e influenciadoras. Compreender o que está na moda, portanto, é fundamental para criar coleções que vão chamar a atenção do público-alvo. Para direcionar as suas decisões, nada melhor que conhecer as preferências das adolescentes. Por isso, veja quais são os destaques que fazem mais sucesso!

Triângulo

O modelo triângulo está em alto para os sutiãs. A proposta é criar peças nesse formato geométrico, com a aplicação de um tule transparente nas bordas. Assim, dá a ideia de item sustentado “sozinho”, o que cria um visual divertido. A tendência começou na moda praia europeia, mas logo se transformou em um detalhe-desejo da lingerie teen. Apostar no formato, portanto, pode render atenção para o seu produto.

Com bojo

Mesmo com o corpo em desenvolvimento, muitas adolescentes preferem o sutiã com bojo para garantir conforto. Ele pode aparecer em vários modelos, embora o tradicional seja o mais comum. O tipo bolha, que dá a sensação de enchimento, fica melhor para as opções adultas. O importante é fazer com que o bojo seja macio, de qualidade e se adapte bem às formas do corpo. Com isso, quem usa se sente mais confortável e à vontade com essa nova peça no guarda-roupa.

Bralette

Por falar em conforto e beleza, o bralette merece uma menção honrosa. Essa é uma peça conhecida pelo uso preferencial da renda. Em vez de estruturas metálicas e sustentação por arcos, valoriza o formato natural dos seios. É uma ótima adição para a lingerie teen por duas razões principais. A primeira é que garante muito conforto e é ideal para esse momento de transição. Além disso, tem tudo a ver com o que está na moda, o que atrai a atenção das consumidoras.

Top

No estilo dos tops esportivos, esse modelo é especialmente interessante para as pré-adolescentes. Antes do real desenvolvimento dos seios, as meninas costumam passar por um processo de adaptação. O ideal é que a sua marca tenha o produto perfeito para o momento. O top é inteiro, em vez de ser separado como o modelo triângulo, por exemplo. Pode ou não ter bojo, tem alças mais leves e não apresenta fecho. Com isso, quem usa pode se acostumar com as lingeries e ter uma boa experiência inicial.

Colorido

As cores são outros elementos importantes nessas peças. Para quem está na puberdade, elas são especialmente útil para afirmar a personalidade e transmitir estilo. Então, as versões em cores da moda, bem como em tons fluorescentes ou diferenciados, conseguem se destacar no mercado. Especialmente nas que podem ser usadas à mostra, como o próprio bralette, as cores intensas são muito bem-vindas.

orçamento ModellePowered by Rock Convert

Calcinhas com laterais largas

Para manter o conforto, a lingerie teen não inclui apenas os sutiãs, mas também as calcinhas. Nesse item, as laterais largas, quase no estilo “cuequinha”, têm ótima recepção. Essas peças oferecem o conforto e a estrutura necessária para o cotidiano e fazem com que a sua marca fique entre as preferidas desse público. Mas atenção: é preciso modernizar o item e garantir linhas arrojadas, sem abrir mão do bem-estar em usar o item.

Elástico aparente

Com inspiração nas fashionistas, como as modelos e integrantes de famílias famosas, o mercado teen também tem verdadeira fixação pelo elástico aparente. A ideia, inclusive, é que essa parte do top e da calcinha apareça com a marca da peça. Essa é uma forma de representar status, personalidade e de criar um visual urbano. Apesar de ser uma aposta um pouco mais de nicho, é uma alternativa adequada para demonstrar que o negócio acompanha as tendências e novidades.

O desenvolvimento do corpo e a importância da lingerie

Além de pensar nas preferências do público, a produção de peças tem que considerar as necessidades físicas das adolescentes. Nessa fase, o corpo passa por grandes transformações, como o crescimento dos seios e surgimento das curvas.

Mais que ajudar a valorizar a beleza, as peças devem favorecer o desenvolvimento do corpo e oferecer total segurança. De acordo com o “Manual de Atenção à Saúde do Adolescente”, desenvolvido por especialistas na saúde teen, o correto é escolher modelos sem armação de metal, para evitar desconfortos.

A peça também deve ser adaptada ao tamanho dos seios — ou seja, não deve comprimir e nem ficar frouxa. Para a marca, isso significa produzir tamanhos que considerem a proporção da altura das costas e da circunferência do busto, em diferentes opções. Como cada menina tem um desenvolvimento, apresentar diversos tamanhos e mesmo proporções demonstra um cuidado com a saúde de todas.

A relação entre beleza e conforto

É indispensável produzir peças com a ideia de que o corpo de quem usa está em desenvolvimento — às vezes, uma semana ou um mês já causam grandes impactos. Por isso, vale pensar em meios de manter a relação entre a parte estética e o uso confortável.

Oferecer uma regulagem extra das alças pode aumentar o conforto de quem estiver com os seios inchados por causa das primeiras menstruações, por exemplo. Também é importante usar tecidos e bojos que permitam que a pele respire e se acomode corretamente. Assim, o resultado é positivo.

O truque para a empresa ter sucesso nas vendas

Ao desenvolver peças de lingerie teen, existe uma chave para o êxito: o foco na comodidade. É essencial se lembrar de que esse é um momento de emoções à flor da pele e de muitas transformações corporais. Nessa transição, as formas se tornam diferentes por causa dos hormônios, o que exige peças extremamente confortáveis e adequadas ao contexto e cotidiano. Além disso, as adolescentes mudam de opinião rapidamente e o padrão de consumo está em constante transformação.

A praticidade, portanto, também inclui apresentar novidades, no mesmo ritmo em que surgem os novos interesses desse público. Ao se posicionar como uma marca antenada, as chances de sucesso em vendas se multiplicam.

A lingerie teen encontra um mercado sedento por novidades e disposto a se relacionar com marcas que atendam aos seus anseios. Com essas preferências em mente e destaque para o conforto, é possível melhorar as vendas!

Para ter mais dicas sobre o mercado de moda íntima, curta nossa página no Facebook, nos siga no Instagram e veja nossas postagens no LinkedIn!

MODELLE

Indústria de bojos para confecção de moda íntima, moda praia, biquini e fitness, com vendas para todo o Brasil.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up