tecido para biquíni: conheça agora mesmo as melhores opções. Mulheres andando na praia de biquíni.
Praia

Melhor tecido para biquíni: saiba como escolher

Tempo de leitura: 11 min

Uma das primeiras etapas na confecção de roupas é a escolha do tecido. Além de ser uma das primeiras decisões dentro do processo de produção, ainda é um dos passos mais importantes, já que o resultado final vai depender totalmente do tipo de tecido que você escolher.

Isso porque alguns tecidos para biquíni simplesmente não funcionam muito bem em determinados modelos. As estampas também precisam ser escolhidas com cuidado.

Elas podem ser lindas na teoria, mas ficarem desastrosas nas roupas de banho! Por isso, é conveniente que você tenha em mente o tipo de peça que deseja produzir na hora de definir o pano que vai utilizar.

No caso das roupas para praia e piscina, o tecido precisa ser leve, não pode absorver muita água e ainda deve ter uma ótima qualidade para garantir um caimento perfeito em todos os biótipos.

Parece bastante complicado, mas na verdade não é. Neste post nós vamos falar um pouco sobre como fazer a escolha certa na hora de optar por um tecido para biquíni. Quer ficar por dentro dessas dicas? Então continue a leitura!

Defina o estilo de biquíni que você deseja produzir

A escolha do tecido deve estar alinhada com o estilo de biquíni que você quer produzir. Algumas marcas trazem uma pegada mais clean, outras modelos românticos e outras biquínis sofisticados, por exemplo.

Cada estilo de biquíni demanda uma qualidade especifica do mundo têxtil. Peças para atletas precisam de materiais tecnológicos e funcionais enquanto peças de luxo demandam tecidos delicados e de alta qualidade. Isso para citar apenas alguns exemplos.

Assim, antes de decidir qual tecido usar é importante ter em mente o conceito que sua marca transmite, o perfil dos usuários e o valor agregado que você deseja aplicar.

Primeiro passo: conheça suas opções

Ao contrário do que muita gente imagina, a confecção de biquínis e maiôs não depende apenas de um único tipo de tecido. Existem várias opções que você pode escolher para incluir nas suas coleções e cada um tem uma característica específica que pode ser explorada.

Conhecer cada uma delas garante maior autonomia para decidir qual opção mais combina com o estilo das suas peças. Por isso, selecionamos algumas das mais utilizadas. Confira!

Elastano

O elastano — ou Lycra, como ficou popularmente conhecido — é um dos tecidos mais usados na confecção de moda praia. A fibra de elastano propriamente dita é um fio de material sintético, que também é conhecido como spandex.

Conhecido pela boa elasticidade que proporciona, esse material é capaz de se alongar em 500% sem perder sua forma original, mas sua forma pura não é encontrada no mercado.

Está disponível para compra a versão que adiciona outras fibras em sua composição, sendo o poliéster e a poliamida os mais comuns. A proporção geralmente é de 10% a 25% de elastano para 75% a 90% de outras fibras.

O elastano é muito leve, não absorve a água, é confortável e resistente. Todas essas características tornam esse tecido perfeito para ser usado na moda praia e em roupas fitness.

A parte negativa desse material é que, embora seja bastante resistente à oxidação, incidência de raios solares e água do mar, ele se degrada quando passa muito tempo em contato com altas concentrações de cloro nas piscinas.

Assim, para quem passa muito tempo na piscina, é comum que o biquíni pareça um pouco esgarçado ao final de um ou dois verões.

Malha

A malha é um tecido fino, fresco e muito confortável que também pode ser usado na produção de biquínis e maiôs. Sua porosidade ajuda na transpiração da pele, o que é ótimo para os dias de sol, mar e piscina.

Existem várias formas de compor uma boa malha. A mais comum é a mistura da poliamida com o elastano. Assim como a Lycra, ela também é considerada flexível e elástica, mas até certo ponto.

Dependendo de como a peça for tratada, pode encolher ou alargar e não voltar à sua forma original.

Elas são maleáveis, muito confortáveis de usar. As estampadas são especialmente interessantes, pois o desenho não costuma deformar ou perder a cor quando é esticado.

No entanto, esse tecido não costuma oferecer muita sustentação. Dessa forma, modelos que precisem ser mais firmes no corpo podem não ficar tão bons com uma malha muito delicada.

Trilobal

O trilobal é constituído por fibras especiais de poliéster, o que o torna parecido com a Lycra, mas pode ser considerado um tecido mais “luxuoso”.

Seus filamentos triangulares fazem com que a luz seja refletida de uma forma mais intensa, o que proporciona muito mais brilho e vida para as cores da peça, mesmo que ela seja repuxada.

Esse tecido também é conhecido por ser mais resistente ao cloro e a outros danos comuns às épocas de verão. Um de seus grandes diferenciais é a proteção UVA/UVB, toque fresco e confortável.

Poliamida

A poliamida — ou Nylon, como ficou conhecido graças à marca registrada — é uma fibra sintética conhecida por ter sido o primeiro tecido produzido artificialmente, na década de 1930.

Suas principais características são a leveza, a resistência, toque macio e fresco, além do tempo rápido de secagem. Aliás, sua pouca absorção de água e o tempo que leva para secar torna o material perfeito para confeccionar o forro das peças e oferecer mais segurança a quem usa.

Ela é ainda muito usada na confecção de moda fitness e por suas características práticas e versáteis se tornou um dos tecidos para biquíni e maiô mais utilizados.

Atualmente a poliamida é utilizada na composição de outras fibras, assim é possível encontrar versões com maior ou menor gramatura, assim como uma qualidade superior ou não.

orçamento ModellePowered by Rock Convert

Nesse tipo de tecido aquece pouco, ajuda o corpo a transpirar, não encolhe e é macio. No entanto, apesar de ser um material comumente encontrado na confecção de peças de moda praia, a poliamida mancha mais facilmente, pode desbotar as cores e apresentar esfiapados com o passar do tempo.

Poliéster

Já o poliéster, embora seja da mesma família da poliamida, é um tecido para biquíni e roupas de praia de baixo custo e qualidade razoável. As maiores vantagens do uso do poliéster são sua resistência, durabilidade e capacidade de manter as cores vivas e intensas por muito mais tempo.

Outro fato é que esse material é simples de lavar, não amassa, não deforma e permite uma quantidade maior de modelagens. Entretanto, como nada pode ser perfeito, seu custo menos elevado tem alguns motivos.

Esse material esquenta a pele de quem usa, não permite a transpiração, causa maus odores, favorece o aparecimento de alergias na pele em decorrência da falta de respiração e retém maior quantidade de água, o que faz com que o traje demore a secar.

Assim, quando você passa muito tempo usando um biquíni molhado de poliéster, a chance de contrair micoses e fungos é bem maior. Sem contar que o fato de demorar para secar é uma desvantagem forte, se você precisa colocar a peça na mala de volta.

Náilon

O náilon é um tecido para biquíni da mesma família da poliamida e bastante popular. Ele seca rápido, não amassa, é bem respirável e não se deteriora em contato prolongado com o cloro ou outros agentes.

Por isso, esse material é ótimo para a prática de exercícios e para levar em viagens. A única desvantagem é que o náilon pode desbotar e desfiar com o tempo, mas as peças costumam ser firmes, bonitas e bastante duráveis.

Neoprene

Esse tecido é um composto de borracha com trama de elanca. Por ser um ótimo isolante térmico, sua principal função era a confecção de trajes e acessórios para mergulhadores e surfistas.

No entanto, há anos o neoprene vem frequentando muito bem as roupas femininas de praia e despontando nas passarelas do mundo inteiro.

Por ser bastante resistente e elástico, além de apresentar fibras firmes que não demandam um acabamento tradicional, os modelos de biquíni em neoprene e cortados a laser viraram febre.

Além disso, o ar tecnológico e moderno, aliado às cores vibrantes e a resistência desse tecido, fazem dele um tecido para biquíni muito disputado. Tanto para o lazer quanto para a prática de esportes.

Suas principais características são a grande resistência à abrasão, dificuldade em rasgar, deforma pouco e não pega fogo com facilidade. A parte ruim é que o neoprene costuma ser um tecido mais encorpado, limitando as possibilidades de modelagem.

Tecido para biquíni com tecnologias especiais

Certamente, esses são os tecidos do futuro. A cada dia mais a indústria têxtil investe na tecnologia para fabricar suas tramas. Materiais inteligentes, com ação antibacterianaproteção contra os raios solares e até mesmo capazes de combater a celulite já são uma realidade. E, além deles, a cada dia surgem novas possibilidades.

Dessa forma, as marcas de moda praia estão investindo cada vez mais nesses materiais a fim de melhorar a performance das suas peças. Isso contribui para um maior conforto das usuárias e maior preservação da sua saúde, permitindo que permaneçam mais tempo com a roupa úmida.

Segundo passo: observe a moda e as tendências

Para que suas vendas tenham mais sucesso, é importante aliar preço, qualidade e as tendências da moda. Afinal, não adianta apostar em um material quando outros estão em alta. Por isso, depois de conhecer as opções mais comuns de tecidos para biquínis é hora de observar o que está na moda.

É importante se empenhar em uma adequada pesquisa de mercado. Desde entrar em algumas redes sociais, como o Instagram e o Pinterest, por exemplo, a uma análise ampla e bem fundamentada, a partir de leituras e estudos mais profundos.

Por isso, se você deseja investir nesse ramo comece a treinar seu olhar para captar todos os olhares: Estampas, modelagem, aplicações, texturas, corte e acabamento são apenas alguns exemplos.

Uma boa ideia é criar um mural criativo. Ele pode ser digital ou físico. O que vale é fazer colagens de todas as referências que tenham tudo a ver com sua marca. Depois, fica muito mais fácil transferir essas ideias para o processo final.

Terceiro passo: não abra mão da qualidade do tecido para biquini

O terceiro quesito que um tecido para biquíni deve cumprir é o de qualidade. Afinal de contas, não adianta vender uma peça bonita, com estampas que são tendência e modelagens que todas as famosas vestem, se ela não vai durar para o próximo verão ou perder suas características nas primeiras vezes de uso.

A qualidade é um dos maiores fatores de decisão de compra, pois ajuda a elevar o nome da sua marca e ainda fideliza clientes. Isso garante que você continue vendendo sempre e que as pessoas tenham confiança para apostar nos seus produtos e recomendar para as amigas.

Na hora de escolher o tecido que vai fazer parte das suas coleções, observe se o material mais barato realmente é o que compensa.

É claro que isso também vai depender do perfil da sua clientela. Se a sua marca é famosa pelo preço reduzido, tudo bem procurar o tecido mais em conta. Entretanto, busque sempre escolher opções que tenham um bom custo-benefício.

Lembre-se também de não adquirir um produto somente por sua nomenclatura. A qualidade de cada material pode mudar, dependendo de como ele é confeccionado, mesmo pertencendo a uma mesma classe. Isso acontece muito com a poliamida e a malha, por exemplo.

Então, o ideal é pedir amostras aos fornecedores, fazer testes, conversar bastante, pesquisar muito e, se possível, pedir referências. Isso garante que você não tenha nenhuma surpresa desagradável depois.

Como podemos perceber, a escolha do tecido para biquíni ideal envolve uma série de ponderações. Tenha em mente o perfil da sua marca e o estilo de peças que deseja produzir.

Pense ainda nas características que suas roupas devem ter e quais são as suas prioridades. Cor, modelagem, estrutura? Não importa. Ao definir tudo isso, ficará bem mais fácil encontrar um material que proporcione o que deseja.

E agora? Ficou mais fácil investir no tecido para biquíni ideal? Temos certeza de que este post ajudou a esclarecer algumas dúvidas sobre o assunto. Mas se lembre de que entender o que o cliente procura ainda é a forma mais eficiente de tomar decisões dentro de seu negócio.

Mantenha a atenção no feedback que recebe das pessoas que adquirem seus produtos. Não somente os elogios, mas principalmente as críticas, que são pontos que transformam seu negócio para melhor.

Pronta para agregar valor ao seu negócio apostando em tecidos de qualidade? Entre em contato com a gente e tire suas dúvidas.

MODELLE

Indústria de bojos para confecção de moda íntima, moda praia, biquini e fitness, com vendas para todo o Brasil.

Posts relacionados

5 Comentários

  1. Avatar

    veraldo fraga da silva

    janeiro 28, 2019 at 11:28 am

    Muito bom. Artigo bem desenvolvido.

  2. Avatar

    ELIVANA RODRIGUES ALVES

    julho 30, 2019 at 2:53 pm

    Antes de tudo quero de parabenizar a empresa pelo excelente produto oferecido no segmento de moda praia. Uma vez conhecendo a qualidade ímpar da marca Modelle , quero deixar aqui admiração por iniciativas e Conteúdo tão relevante

    1. Avatar

      Talia Coutinho

      agosto 6, 2019 at 7:30 pm

      Olá Elivana. Tudo bem? 🙂

      Ficamos muito felizes em receber este feedback e nos colocamos à sua disposição para atendê-la da melhor forma possível.

  3. Avatar

    Adriana Alves

    agosto 19, 2019 at 8:12 pm

    Parabéns, pela matéria!!
    Uma aula muito bem produzida.

  4. Avatar

    Sallesmar

    agosto 22, 2019 at 3:32 am

    Gastei
    Fiquei sabendo de detalhes importantes ✌

Deixe um comentário

Share This
Scroll Up