4 dicas para aprender a precificar produtos corretamente

4 dicas para aprender a precificar produtos corretamente

Tempo de leitura: 3 min

Estabelecer o preço de um produto é uma tarefa que preocupa muitos empreendedores, uma vez que ele precisa cobrir todos os custos de fabricação, ser competitivo e ainda agradar o cliente.

Para encontrar o ponto de equilíbrio ao precificar produtos, é preciso chegar, também, à estratégia mais adequada para seu modelo de negócio, já que a formação de preço pode mudar muito de nicho para nicho.

Pensando nisso, nós elaboramos quatro dicas para que você entenda melhor sobre esse assunto e encontre a maneira adequada de precificar produtos. Quer descobrir? Então acompanhe o post!

1. Precificação por valor percebido

Nessa estratégia de precificar produtos, o valor final deles, ou de serviços, é estipulado usando como base a percepção que os clientes têm da empresa, da marca ou do próprio produto.

Esse método é mais vantajoso para aqueles que procuram desenvolver diferenciais constantemente, gerando um maior valor percebido para os clientes. Os custos de produção não devem ser descartados nesse caso, mas o grande protagonista será o valor percebido.

O maior desafio desse tipo de precificação é conhecer profundamente a percepção do cliente e compreender o verdadeiro valor do produto para quem toma a decisão de compra.

2. Precificação por margem de lucro

A precificação por margem de lucro leva em consideração os custos de produção e acrescenta a margem desejada. Para ter sucesso nessa estratégia, é preciso conhecer muito bem todos os custos envolvidos: variáveis, fixos, diretos e indiretos.

Portanto, se você gasta R$100,00 para produzir uma peça e estipula que a margem de lucro deve ser de 30%, o preço final será:

  • custo de produção: R$100,00
  • margem de lucro: 30% (30/100 = 0,3)
  • 0,3 x 100 = 30
  • 100 + 30 = 130,00

O preço final do seu produto, dentro do exemplo anterior, seria de R$130,00, sendo possível cobrir todos os custos de produção e ganhar uma margem de 30% de lucro.

orçamento Modelle

3. Precificação baseada na concorrência

Quando baseamos os preços observando a concorrência, é possível focar na competitividade e manter-se em um mercado em que os concorrentes são imprevisíveis.

Esse tipo de precificação é muito comum entre empresas que oferecem os mesmos produtos, sem grandes diferenciais, e o preço acaba por ser o grande protagonista na hora que o cliente faz suas comparações.

É possível ganhar vantagens praticando preços mais altos ou mais baixos que a concorrência, mas a última opção requer mais investimentos em diferenciais, ações de marketing e pesquisa.

4. Precificação baseada no volume

Estabelecer um preço com base no volume é uma tática muito usada para quem realiza vendas por atacado, onde quem compra produtos em grandes quantidades acaba pagando menos.

Essa tática de preço é benéfica, pois a empresa recebe um valor maior pela venda em menos tempo e ainda se adéqua ao mercado, já que os clientes desse tipo de negócio exigem descontos progressivos.

Primeiro, é importante estabelecer o preço com uma margem de lucro vantajosa, para que a empresa não perca muito nas vendas com desconto. Para isso, você pode multiplicar seu preço final por 2 ou mais, dependendo da margem de lucro que pretende atingir.

Essa forma de precificação requer muito monitoramento para que as finanças da empresa não sejam prejudicadas com o passar do tempo.

A nossa dica final é: seja lá qual for a forma ideal de precificar produtos para seu negócio, é sempre importante encontrar os fornecedores certos, já que eles têm um papel muito importante na formação do preço.

A forma de pagamento, os prazos de entrega e o reajuste de valores devem estar alinhados à sua estratégia de preço, para que você obtenha sucesso.

Você tem alguma dica sobre formação de preço que gostaria de compartilhar? Deixe um comentário aqui!

Indústria de bojos para confecção de moda íntima, moda praia, biquini e fitness, com vendas para todo o Brasil.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up