Quais os 8 tipos de modelagem de lingerie mais utilizados?

Quais os 13 tipos de modelagem de lingerie mais utilizados?

Tempo de leitura: 6 min

Conhecer as preferências dos clientes é, sem dúvidas, a melhor maneira de acertar nas coleções e aumentar as chances de sucesso da marca. Para isso, é preciso valorizar cada detalhe e procurar entender o que torna uma lingerie ideal para cada mulher.

Alguns quesitos como design da peça, qualidade do material, nível de conforto e também o preço são pontos essenciais analisados no momento da compra. Contudo, o mais importante é a modelagem. É ela que garante a sustentação, o formato e a valorização do corpo, o que torna essencial conhecer os modelos procurados no mercado.

Para ajudar você, nós listamos 13 tipos de modelagem de lingeries que devem fazer parte do seu portfólio. Quer saber sobre esse assunto? Então, acompanhe o post!

1. Top

O top é um modelo confortável, o que o torna ideal para ser usado no dia a dia e também na moda fitness. Ele tem uma lateral reforçada e pode ter alças fortes, além de ter continuidade entre os elementos do bojo.

É perfeito para todos os tamanhos de seio e pode vir acompanhado de bojo removível, o que garante mais versatilidade e beleza ao modelar o seio.

2. Meia taça

sutiã meia taça é muito popular entre as mulheres, já que valoriza o formato dos seios. Recebe esse nome porque deixa a parte superior do seio à mostra, o que cria um decote mais profundo.

É perfeito para ser usado com roupas decotadas e pode ter a função de unir ou levantar os seios, dependendo do modelo.

3. Estruturado

O sutiã estruturado possui reforços que o tornam ideal para mulheres que têm seios grandes e precisam de mais conforto e segurança.

formato do bojo envolve a maior parte do seio, evitando que eles fiquem mal acomodados e marquem na roupa. Podem ser usados em peças do cotidiano, bem como em roupas mais formais e que exigem o caimento perfeito.

4. Push Up

O modelo push up é muito querido entre as mulheres, pois sua principal função é valorizar o formato dos seios, deixando eles unidos e levantados. A peça também pode contar com bojos bolha, que tornam os seios maiores.

Entre os tipos de modelagem de bojo, este é o que possui mais variações e é importante saber escolher o modelo ideal para que a proposta da peça seja assertiva.

5. Balconet

O balconet é ainda mais delicado que o meia taça: ele deixa metade do seio livre, mas tem renda nessa parte superior. Também pode ter um elemento de renda logo abaixo, para dar um detalhe especialmente romântico.

É perfeito para ser combinado com blusas transparentes, já que pode ser usado à mostra. Também serve para criar produções sensuais.

6. Tomara que caia

O tomara que caia também é uma alternativa muito famosa, pois é sem alças. A estrutura é garantida pelas laterais reforçadas e pelos materiais utilizados, como ferragens de sustentação. O bojo pode ser, inclusive, do tipo liso ou com bolha, o qual leva a um maior volume.

É a opção indicada para usar com vestidos e blusas sem alças, mas que tenham a lateral coberta. Por causa das características, não é tão recomendado para quem tem seios maiores e mais pesados.

7. Multifuncional

O sutiã multifuncional ou multiforma recebe esse nome porque pode ser usado de várias maneiras. Ele costuma ter o bojo do tipo liso ou até meia taça, pela necessidade de versatilidade. O grande diferencial é que as alças podem ser utilizadas de várias formas ou até retiradas.

orçamento ModellePowered by Rock Convert

Essa opção costuma ser funcional para todos os tipos e tamanhos de seios. Além disso, pode ser combinado com várias roupas: com recorte nadador, com decote profundo e até roupas sem alças.

8. Tanga

A tanga é um dos modelos de calcinha mais usados pelas mulheres por proporcionar conforto e valorizar o formato de qualquer corpo. Esse efeito é garantido graças às suas laterais, que têm largura intermediária, mantendo a frente maior e as costas um pouco menor.

Pode ser adotada em combinações do cotidiano, como saias, calças ou vestidos, sem prejudicar o conforto. Inclusive, pode ser feita com vários tecidos, o que garante diversos tipos de uso.

9. Tipo biquíni

A calcinha tipo biquíni também é muito utilizada. O modelo se assemelha à tanga, mantendo as laterais mais largas. O que muda de um modelo para outro é a frente e as costas, que passam a ter dimensões maiores.

É perfeita para quem busca um pouco mais de sustentação na região do corpo e ajuda as clientes que desejam disfarçar gordurinhas, por exemplo.

10. Cós alto

Esse modelo é muito usado por quem quer disfarçar imperfeições no baixo ventre, pois possui o cós mais alto na frente e atrás.

Quando são feitas com um material mais resistente, elas ganham a função de modelar o corpo e podem ser vestidas com roupas mais justas, principalmente se não possuírem costura.

11. Caleçon

O caleçon é um dos modelos mais confortáveis e bonitos dentre as lingeries. Assemelha-se a um short curto, porém o fundo é cavado. As laterais são bem largas e a parte de trás cobre a maior parte do bumbum. Os modelos confeccionados em renda são os que têm maior procura.

Elas podem ser usadas em produções leves no verão, bem como em produções sensuais para uma noite romântica, por exemplo.

12. Fio dental

A calcinha fio dental é uma das mais sensuais disponíveis. Ela conta com laterais fininhas, assim como a área da frente é menor. A parte de trás é bastante cavada, o que a torna capaz de valorizar o bumbum.

Entre os tipos de modelagem, é uma opção quase exclusiva para quem quer algo sensual para um momento especial. No entanto, também pode servir para usar com algumas roupas justas.

13. String

A modelagem string de calcinha é parecida com o fio dental, com a diferença que é um pouco maior. Tanto a parte da frente quanto a de trás são maiores e menos cavadas. Já a lateral é bem fina, no estilo de fio — por isso o nome “string”.

A alternativa é mais confortável que o fio dental e permite ser usada com peças cotidianas e até com vestidos justos, por exemplo.

Os tipos de modelagem de lingerie têm muito peso na hora da compra, pois é ela que garante a usabilidade da peça. Além disso, a moda está ficando cada vez mais personalizada, valorizando todos os tipos de corpos sem perder a verdadeira essência, portanto, vale investir em variedade.

Agora que você já descobriu quais são as modelagens de maior uso nas lingeries, deixe um comentário contando qual modelo é mais produzido na sua confecção!

MODELLE

Indústria de bojos para confecção de moda íntima, moda praia, biquini e fitness, com vendas para todo o Brasil.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up