modelagem de sutiã

Modelagem de sutiã: aprenda como desenhar a peça corretamente

Tempo de leitura: 6 min

Ao desenhar um sutiã, é necessário incluir elementos essenciais para alcançar o sucesso de vendas. Mas antes de pensar apenas na parte comercial, é fundamental entender a modelagem de sutiã e seus impactos no uso pelas mulheres.

É ao considerar a experiência do público que é possível desenvolver algo conectado com os clientes e com as preferências. No final, é exatamente isso que aumenta as chances de sucesso e garante a melhor percepção por parte das consumidoras.

A seguir, descubra como desenhar a peça e acerte na modelagem de sutiã para conquistar o seu mercado!

Pense no conforto e na saúde da mulher

Mais que apenas utilizar as tendências ou o que chama a atenção, é preciso levar a mulher em consideração. Priorizar a cliente na hora do desenho permite chegar à modelagem de sutiã adequada para cada situação.

Reflita, por exemplo, sobre a necessidade de conforto. Peças com estruturas metálicas muito pesadas vão causar cansaço, dores e dificuldades de utilizar no cotidiano. Já alternativas que não dão o apoio necessário também serão desconfortáveis.

Além de tudo, é preciso pensar na saúde. Favorecer a ventilação da área é essencial, bem como evitar os problemas de coluna pelo peso dos seios ou tamanho incorreto.

O foco, portanto, deve estar na praticidade e na adequação ao cotidiano. Desse jeito, é possível garantir que as peças atendam melhor ao mercado.

Conheça as principais modelagens disponíveis

Há como cumprir esses pontos de diversas maneiras, pois há modelos com características variadas. Conhecer as alternativas é essencial para entender o que faz sentido em cada coleção e, principalmente, para cada público-alvo.

Na sequência, conheça quais são os tipos mais utilizados e compreenda como cada um pode ser aplicado ao desenho!

Triangular

Um dos primeiros moldes popularizados na história do sutiã é o triangular, que normalmente cobre todo o seio. Pode ou não ter ferragens na estrutura, além de conter (ou não) enchimento.

Meia taça

Já o sutiã meia taça tem um bojo reto, com altura menor e que deixa o topo dos seios à mostra. É uma alternativa que valoriza o formato, traz sustentação e ainda serve para peças mais decotadas.

Estruturado

Ideal para quem tem seios maiores, o sutiã estruturado tem elementos de reforço, como alças mais grossas ou suporte lateral. Ele é feito para comportar melhor o peso e garantir bem-estar e conforto.

Tomara que caia

Sem alças, o sutiã tomara que caia precisa de uma lateral estruturada e um bojo oval. Se for voltado para mulheres com busto maior, deve oferecer maior sustentação.

Pushup

O sutiã pushup é uma nova tendência e ideal para quem tem seios menores e/ou separados. Por meio de um fecho regulável, levanta, junta e aumenta a área. Pode ou não ter bojo do tipo bolha, que valoriza ainda mais o decote.

Top

Muito utilizado na prática esportiva, o top não tem, ferragens ou estrutura rígida. Conta com tecido especial e bojo triangular ou oval, para garantir o conforto.

orçamento ModellePowered by Rock Convert

Avalie o tipo de tecido

Ao escolher as modelagens de sutiã, também é essencial considerar o tecido durante o desenho. Isso acontece porque nem toda peça usa os mesmos materiais e alguns, inclusive, nem são possíveis em certos designs.

Peças delicadas, leves e em formatos diferenciados funcionam bem com a renda. Pela necessidade de estrutura, entretanto , o meia taça não pode usar esse tecido como principal e requer algo com mais estrutura.

O top, por precisar de conforto máximo, costuma exigir tecidos estruturados, como o neoprene ou o elastano. Já para os tradicionais é possível investir no algodão como uma escolha natural e agradável.

Por isso, não se esqueça de considerar a fabricação e até o uso para selecionar o tecido e, assim, definir melhor o desenho. Desse jeito, a produção de lingerie acontece de maneira bem-sucedida e com maior eficiência.

Entenda o tamanho e o ângulo dos seios

Além da modelagem de sutiã e do tecido, é essencial considerar quais são as características físicas de quem vai usá-los. Ao estabelecer o tamanho, por exemplo, é comum usar medidas padronizadas sobre as costas e a circunferência.

No entanto, mulheres com seios maiores ou bem menores podem ter dificuldades para achar modelos que se encaixem perfeitamente. Pensar nisso ao longo do desenho é indispensável para conseguir criar modelos que contemplam mais mulheres e tipos de corpo.

Inclusive, o ângulo dos seios também influencia. Quem tem o busto flácido ou caído, por exemplo, requer ainda mais sustentação e até alças largas. Com isso em mente, é possível fazer a escolha ideal para cada necessidade.

Lembre-se da postura da mulher

Convém entender que a maioria das decisões sobre a modelagem de sutiã vai influenciar o uso e até a postura feminina. Por isso, é preciso ter cuidado com as escolhas referentes aos desenhos de cada item.

Quem tem seios grandes, por exemplo, sofre com o peso, que projeta o corpo para frente e causa dificuldades no posicionamento da coluna. Quem tem seios caídos também pode sofrer com o problema. Já outras mulheres, dependendo do formato do corpo, sofrem com alterações posturais que devem ser corrigidas pelo sutiã.

Para acertar é necessário, em primeiro lugar, disponibilizar o tamanho adequado. Se ele estiver muito apertado, o incômodo dá origem a impactos negativos na postura. Se estiver largo, não dá o apoio exigido.

Também é preciso considerar a sustentação, tanto pela estrutura quanto pelo tecido. Peças para seios maiores devem ter alças e laterais reforçadas, bem como tecidos com mais rígidos. Assim, aliviam as costas e impedem que a postura seja prejudicada.

Identifique as necessidades específicas

Não menos importante, vale pensar nas questões relacionadas ao estilo de vida. Um desenho voltado para a maternidade vai exigir bojo reforçado, tecido lavável e abertura frontal, por exemplo.

Já quando a ideia é desenvolver algo voltado para a prática de atividades físicas, o modelo e o tecido devem acompanhar as necessidades. É essencial oferecer estrutura, movimento e facilidade de respiração para a pele, de modo a manter o conforto.

A modelagem de sutiã correta faz a diferença para que o seu desenho seja um sucesso. Para tomar as melhores decisões, conheça bem o público, como por meio de pesquisas com mulheres ou com o envolvimento de especialistas no assunto. Assim, as chances de potencializar as vendas se multiplicam.

Para ter os melhores bojos em suas peças, entre em contato com a Modelle e veja como podemos ajudar!

MODELLE

Indústria de bojos para confecção de moda íntima, moda praia, biquini e fitness, com vendas para todo o Brasil.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up