tendências da indústria têxtil

Saiba quais são as novidades e tendências da indústria têxtil

Tempo de leitura: 10 min

Para quem deseja se alinhar ao que há de mais moderno no setor de confecções é fundamental se manter atualizado em relação às novidades e tendências da indústria têxtil.

Somente assim é possível conhecer as novidades e criar produtos interessantes, capazes de conquistar a preferência e a fidelidade dos consumidores.

Do mesmo modo que em outras áreas, a tecnologia é a principal responsável pelas mudanças que vêm ocorrendo no dia a dia das empresas de moda.

A preocupação com a sustentabilidade e a produção de artigos que atendam às necessidades pessoais são questões que devem ser observadas com atenção, quando o assunto é o aumento das vendas e a prospecção de novos clientes.

Neste post, você descobrirá o que está em alta no mercado para adequar o seu empreendimento e atrair mais atenção do público. Prossiga com a leitura e descubra quais são as novidades e tendências da indústria têxtil!

Sustentabilidade

Aderir à sustentabilidade é uma premissa essencial na interação com o meio ambiente. Há algum tempo o mercado da moda vem trabalhando com diretrizes e procedimentos que causam menos impacto na natureza, com o objetivo de preservar os recursos e diminuir a emissão de poluentes no planeta.

Uma das metas de sustentabilidade é contribuir com a redução e reutilização da água, de modo que esse objetivo está entre as principais tendências na indústria têxtil. A escassez é um problema que afeta uma grande porcentagem da população global.

Dessa forma, as fábricas estão mais conscientes e incluindo processos de produção sustentáveis, o que se torna uma grande vantagem competitiva nesse mercado.

Outra mudança relacionada a sustentabilidade é a adoção de matérias-primas mais ecológicas e tecidos produzidos com produtos recicláveis, como as garrafas PET. Assim, as fibras sintéticas obtidas a partir do plástico são uma nova vertente da moda sustentável para a fabricação de roupas.

Tecnologia

A tecnologia na indústria têxtil não abrange somente os softwares e programas digitais que auxiliam na produção, gestão de estoque e dos recursos materiais a fim de evitar o desperdício.

Muitos negócios de confecção de moda praia e fitness, por exemplo, contam com a estamparia digital em tecidos para otimizar o processo de criação e confeccionar peças de excelente qualidade —, garantida por meio da transferência das cores diretamente para o tecido.

No entanto, a indústria 4.0 é o que marca a grande evolução tecnológica que está sendo vivenciada no mercado têxtil.

Essa fase descrita como a 4ª revolução industrial tem o objetivo de integrar pessoas, máquinas, produtos e softwares por meio de avanços como a Internet das Coisas (IoT), aprendizado de máquina e computação em nuvem.

A partir desse recurso as fábricas estão implementando a automatização de processos a fim de aumentar a rapidez e a escala de produção, diminuir custos e favorecer a assertividade nas coleções.

Confecções 4.0

As confecções estão se estruturando para alcançar o modelo 4.0, focado na tecnologia. Para se ter uma ideia do tamanho da inovação, existem soluções que integram todas as áreas de produção — desde o desenvolvimento das peças até as vendas —, onde o estilista pode criar os modelos em 4D e a partir de uma pré-moldagem gerada pelo software o produto é produzido com mais agilidade e modelagem adequada.

Os maquinários utilizados nas fábricas também estão sendo substituídos por versões cada vez mais inteligentes. Já pensou o que é ter todos os dados de produção armazenados para administrar a sua produção?

Pois, saiba que existem máquinas de corte tão eficientes que além de garantir cortes precisos e um excelente acabamento para os mais diferentes tipos de tecidos, elas cronometram a produção por hora, dia, semana e mês.

Contar com soluções desse tipo é importante para aumentar a capacidade produtiva de pequenas e médias confecções. Dessa maneira, há mais condições para avaliar os custos, diminuir o desperdício, acelerar a produção e impulsionar o lucro sem retrabalho.

Blockchain

Por meio do Blockchain, que é uma tecnologia de registro, é possível compartilhar dados e transações realizadas na indústria têxtil a fim de garantir a segurança das negociações, a veracidade das informações referentes aos produtos (material da peça, fabricante, e outras informações relevantes), entre outros aspectos relevantes.

Tudo isso visando a transparência de dados e o aumento da confiança e reputação do setor, já que uma vez registrados, não é possível fazer alterações no software.

O que se espera é que a partir dessa prática as ideias e valores das empresas do setor passem a ficar mais evidentes para o público consumidor e isso produza relações mais sólidas e frutíferas.

Vestuário Iot

Iot é uma sigla em inglês para a expressão Internet of Things, que significa Internet das coisas em português, já mencionamos brevemente esse tipo de tecnologia, mas vamos explicar com mais detalhes o que esse recurso poderia fazer pela indústria têxtil.

Na prática, a internet das coisas representa a conexão inteligente, intuitiva e sensorial dos objetos do dia a dia, sejam eles quais forem, à internet.

No universo das tendências da indústria têxtil o vestuário Iot pode proporcionar maior rapidez, flexibilidade e versatilidade para as confecções, seja no setor de fabricação, gestão ou na área do estoque. Resumindo, todas as áreas podem se beneficiar da automação e da otimização dos processos dentro da fábrica.

Tecidos tecnológicos

Os avanços da indústria têxtil não estão relacionados somente aos modos de operação. Os tecidos tecnológicos estão transformando esse serviço, principalmente no que se refere às roupas para atividade física. Conheça alguns tecidos e materiais apropriados para esse fim.

orçamento ModellePowered by Rock Convert

Tecidos antimicrobianos

Os tecidos antimicrobianos são fabricados a partir da aplicação dos conhecimentos de nanotecnologia no setor têxtil.

Dessa maneira, são aplicadas nos tecidos micropartículas de prata que evitam não apenas a proliferação de fungos e bactérias, como, por consequência eliminam as possibilidades de as peças ficarem mal cheirosas.

Tecidos repelentes

O uso da nanotecnologia na indústria têxtil está proporcionando uma verdadeira revolução no setor. Afinal, é um avanço sem igual, poder desenvolver e criar tecidos com propriedades repelentes que tenham condições de afastar insetos.

Funciona da seguinte maneira, as nanopartículas de substâncias repelentes são misturadas às fibras do tecido oferecendo proteção contra vários insetos e com isso, garantindo o controle de doenças transmitidas por mosquitos, como dengue, zika e chikungunya.

Emana

A mistura entre a poliamida com minerais bioativos originou o emana. Essa fibra ajuda na circulação e oxigenação sanguínea, e ainda contribui na melhora do aspecto da celulite, problema que costuma incomodar inúmeras mulheres.

Os minerais que o compõem penetram na epiderme e provocam a bioestimulação. Desse modo, o calor produzido durante a atividade física proporciona uma pele mais lisa e com aspecto rejuvenescido. Os resultados começam a aparecer com aproximadamente um mês de uso constante das roupas.

X-bio

O X-bio é um tecido tecnológico que impede a propagação de bactérias e das doenças relacionadas à transpiração. Alguns micróbios se proliferam pelo suor e produzem mau cheiro durante as práticas onde o corpo é estimulado e precisa regular a sua temperatura.

Além de combater essa irregularidade, o X-bio também protege contra os raios UV qualificando-se como uma ótima alternativa para quem pratica esportes ao ar livre.

Dry-fit

O Dry-fit é um dos tecidos mais conhecidos no mercado da moda fitness. Ele controla a umidade da pele e proporciona mais conforto aos usuários. Pois, o suor se espalha pela peça e evapora mais rapidamente.

Consequentemente, o corpo se mantém seco, mesmo em temperaturas elevadas.

Tecidos ecológicos

A tecnologia também é amiga da sustentabilidade, tanto que colaborou para o desenvolvimento dos tecidos ecológicos. Os populares eco-friendly são produzidos com fibras recicladas e com algodão orgânico colorido com tintas naturais.

Personalização de produtos

Agora, depois de analisar os processos de produção, chegamos ao desenvolvimento dos produtos conforme as tendências da indústria têxtil.

O consumidor vive em uma fase de busca constante pela personalização. Cada vez mais existe o desejo de se sentir único, de modo que os produtos exclusivos passam a ser mais valorizados.

Você deve estar pensando como as marcas de moda praia, roupa íntima e fitness podem atender a esse requisito? Simples!

Por meio da criação de peças únicas ou em pouquíssimas unidades, que despertem nos consumidores o sentimento de exclusividade e pertencimento a um grupo limitado.

Em vez de se dedicar à produção em massa, algumas empresas estão abrindo espaço para a customização. Dessa maneira, os clientes têm a oportunidade de escolher as cores e outros detalhes das peças desejadas, permitindo que a marca entregue os produtos mais adequados ao seu público.

Essências relaxantes

O uso de essências relaxantes e com propriedades calmantes é uma das tendências da indústria têxtil mais empolgantes. Também por meio da nanotecnologia é possível aplicar as essências nos tecidos e com isso oferecer ao produto todos os benefícios dos aromas.

Sendo assim, é possível aplicar nas roupas essências calmantes como o maracujá e a passiflora, excelentes para o momento de dormir, por exemplo — aromas como o da bergamota ou laranja que estimulam a criatividade e o intelecto.

Já imaginou, daqui a um tempo poder desenvolver peças de roupa que se adequem também as mais variadas situações do cotidiano? Tudo isso é possível com o avanço da tecnologia na indústria de confecção.

Veja como se atualizar sobre as tendências da indústria têxtil

A indústria têxtil é um âmbito onde as novidades são atualizadas com frequência. Por causa disso, é importante estar de olho nas transformações do mercado, a fim de oferecer ao público os produtos que estão em alta.

Sempre que possível, é interessante participar de eventos, como as feiras e workshops. Nessas ocasiões as principais tendências são apresentadas ao público, possibilitando que você saia na frente da concorrência, incorporando-as aos seus produtos.

O networking também é fundamental para se relacionar com outros profissionais da área. Em vez de manter um clima de rivalidade, se aproxime de outras pessoas, converse e troque conhecimento.

Essa experiência pode ser enriquecedora para o progresso do seu negócio.

Além disso, se inteirar sobre as notícias relacionadas ao setor e a economia do país é essencial para obter mais orientações. Se você gosta de acompanhar dicas, a leitura de blogs dos fornecedores, por exemplo, é recomendada como uma boa fonte de informação para assuntos relacionados a moda e gestão.

Adotar as tendências da indústria têxtil, tanto tecnológicas quanto de elaboração dos produtos, é um diferencial para conquistar o seu lugar no mercado, ter uma boa aceitação e se destacar perante a concorrência. Portanto, se mantenha atualizado e fique por dentro das inovações.

Agora que você já sabe quais são as novidades e tendências da indústria têxtil, baixe o nosso e-book sobre redução de custos na confecção e continue a se informar sobre esses assuntos tão importantes para o seu negócio!

Powered by Rock Convert

MODELLE

Indústria de bojos para confecção de moda íntima, moda praia, biquini e fitness, com vendas para todo o Brasil.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

  1. Avatar

    Bom dia tenho uma confecção de lingeries e biquínis queria saber o preço dos bojos

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up